Casa em contêineres e materiais recuperados se abre à natureza na Suécia

Projeto evidencia espaços amplos emoldurados por belos panoramas naturais ao redor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/03/2022 11:27 Redação Lugar Certo /Estado de Minas
Staffan Andersson/Divulgação

Com quartos, salas de estar e jantar, cozinha, banheiro e terraço, esse projeto perto de Estocolmo, na Suécia, aproveita oito contêineres marítimos para formar uma confortável residência modular de 150 metros quadrados. A casa, batizada Container House e com concepção do escritório Måns Tham Arkitektkontor, ganha ainda mais atrativos com o panorama aberto para um lago.

Construções em cotêineres geralmente têm diferenciais vantajosos quanto a rapidez e flexibilidade da obra e redução de custos com materiais e força de trabalho. Nesse caso em específico, o tempo de construção foi maior do que o normal, já que o processo foi complicado devido ao terreno íngreme.

Com o objetivo de evitar água acumulada ao redor da estrutura, a edificação se sustenta em pilares, ajustada ao cânion natural em formato V. O desenho se baseia na configuração em blocos, mas algumas paredes foram retiradas para conceber ambientes mais amplos, como uma das salas.

Materiais reaproveitados também caracterizam o projeto. Tábuas de madeira, de metal, escadas em madeira e aço, além de pedaços de cozinhas antigas, encontrados em locais de demolição existentes na região, integram a residência, que não fica devendo em nada a composições de alto padrão.

A luz natural em abundância é mais um ponto alto, assim como a visão para uma floresta de pinheiros ao redor, atrás da casa, que se conecta a essa área verde por uma ponte de treliça de aço de oito metros de vão livre. A morada levou três anos para ficar pronta, e hoje abriga um casal com três filhos.

Staffan Andersson/Divulgação

Staffan Andersson/Divulgação

Tags: arquitetura casa contêiner Suécia

Últimas Notícias

ver todas
17 de dezembro de 2021
14 de dezembro de 2021