Prédio na Austrália vai abrigar um dos maiores jardins verticais do mundo

Torre residencial de uso misto terá 550 árvores, coberta por mais de 25 mil plantas nativas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/03/2022 10:30 Redação Lugar Certo /Estado de Minas
Koichi Takada Architects/Divulgação

A cidade de Brisbane, em Queensland, na Austrália, se prepara para receber um prédio que pretende ser o "mais verde" do país. O edifício chamado Floresta Urbana tem 20 andares cobertos por 550 árvores e mais de 25 mil plantas nativas, além de ser carbono neutro. A construção já está autorizada pelo governo.

O projeto prevê uma torre residencial de uso misto. São 194 apartamentos, um jardim na cobertura e, no nível do solo, um parque público. O protagonismo fica por conta da generosa fachada viva formada pelas espécies vegetais.

A concepção é do escritório Koichi Takada Architects. O ponto de partida para a obra são os preceitos do design passivo, que lança mão do clima subtropical em especificações estruturais que aproveitam ao máximo a iluminação natural, se valendo ainda da ventilação cruzada.

Todas as unidades contam com varandas, e os jardins verticais fazem surgir espaços sombreados, com isolamento térmico. Acima, na cobertura, também estão áreas sociais compartilhadas, dispostas em um belo jardim.

A edificação se caracteriza pelo baixo consumo de energia e a alta eficiência hídrica, com diversos mecanismos de sustentabilidade.

A especificação por jardins verticais em arranha-céus vem sendo um direcionamento da arquitetura no intuito de explorar os benefícios da vegetação, da biodiversidade e do oxigênio, promovendo um novo sentido de bem-estar para a vida urbana.

Koichi Takada Architects/Divulgação

Koichi Takada Architects/Divulgação

Koichi Takada Architects/Divulgação

Tags: arquitetura prédio jardim vertical Austrália

Últimas Notícias

ver todas
07 de agosto de 2022
16 de julho de 2022