12 Casas Comerciais para alugar no Centro, Santo André - SP

Refinar busca
12 Resultados encontrados
Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. Arnaldo, Centro, Santo André, SP valor de R$ 12.000,00 no Lugar Certo  11

Casa Comercial
R. Arnaldo, Centro, Santo André, SP

Ótimo prédio localizado próximo da Av. Portugal, R. Laura, Av. Dr. Cesário Bastos, Av. Lino Jardim, R. Dr. Eduardo Monteiro, Com fácil acesso a Av. Pereira Barreto, Av. Ramiro Colleoni, Shopping ABC, Av. José Antônio de Almeida Amazonas, Rod. Anchieta, Centro de Santo André e Av. dos Estados. Imóvel possuindo 600m² com fino acabamento, todo em piso porcelanato, sanca rebaixa em algumas salas com iluminação de led, ar condicionado. na Primeiro Piso recepção, 3 Banheiros (Feminino, Masculino e Acessibilidade), Copa , elevador exclusivo para deficiente físico, 3 salas amplas. Segundo Piso - 4 salas grandes, 3 Banheiros (Feminino, Masculino e Acessibilidade) e elevador. Subsolo - portão automático, elevador 4 vagas. Não perca essa oportunidade, agende a sua visita!!! ¿Pequenas oportunidades podem ser o início de grandes empreendimentos¿ Demóstenes<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer ...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. Álvares de Azevedo, Centro, Santo André, SP valor de R$ 37.000,00 no Lugar Certo  30

Casa Comercial
R. Álvares de Azevedo, Centro, Santo André, SP

Excelente prédio comercial localizado em um ponto estratégico próximo do Colégio Singular, Padaria Central, Shoppinho Santo André, ETEC Júlio de Mesquita, Senac Santo André, Sebrae e com fácil acesso a diversos comércios, bancos, clínicas e transporte público. Imóvel possuindo 1.183m² de área construída, 410m² de terreno com as dimensões de 11 x 36 x 11,88, aproximadamente 4m de pé direito, composto por 21 salas, 1 amplo salão no piso superior, ar condicionado, recepção, 5 banheiros, sendo 2 deles com box para cadeirante, vestiários, escritório, cozinha, copa, área de serviço, terraço com salas fechadas e cobertas, área coberta com churrasqueira e 2 vagas de garagem cobertas. Oportunidade única, agende sua visita!!! ¿É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante¿ Paulo Coelho.<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. Coronel Alfredo Fláquer, Centro, Santo André, SP valor de R$ 4.500,00 no Lugar Certo  24

Casa Comercial
R. Coronel Alfredo Fláquer, Centro, Santo André, SP

Excelente prédio comercial no Centro de Santo André possuindo 200m² de terreno com as dimensões de 5 x 40, 326m² de área construída, aproximadamente 3m de pé direito, composto por 2 pavimentos, sendo térreo com salão amplo, banheiros, copa e quintal e piso superior com salão dividido em salas, com layout flexível. Imóvel com localização excepcional. Não perca essa oportunidade e agende a sua visita. ¿Quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize seu desejo¿ Paulo Coelho.<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índice...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros



Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. Coronel Agenor de Camargo, Centro, Santo André, SP valor de R$ 10.000,00 no Lugar Certo  30

Casa Comercial
R. Coronel Agenor de Camargo, Centro, Santo André, SP

Excelente prédio comercial Centro/ SA- 17 salas, 14 wcs, cozinha, área de serviço, ótimo acabamento. Agende sua visita!<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulheres e, no caso, aproximadamente 1.735 homens entre os índices populacionais. Os dados fazem parte do Anuário de 2015, da Prefeitura de Santo André, com base em informações coletadas no ano de 2014. Ainda sobre o perfil populacional abordado no estudo municipal, em relação à escolaridade, a maior parte dos habitantes do Centro tem ensino super...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em Trv. Vereador Lourenço Rondinelli, Centro, Santo André, SP valor de R$ 20.000,00 no Lugar Certo  14

Casa Comercial
Trv. Vereador Lourenço Rondinelli, Centro, Santo André, SP

Prédio no centro de Santo André possuindo 330m² de terreno e 590m² de área construída, com ótima localização, fácil acesso pela Avenida Edson Danilo Dotto, próximo ao Museu de Santo André, Senac, Etec, Padaria Brasileira e comércio variado na região.Prédio ideal para empreendimentos. Não perca essa oportunidade, agende sua visita!!!<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulheres e, no caso, aproximadamente 1.735 homens entre os índices populacionais. Os dados fazem parte do Anuário de 2015, da Prefeitura...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. Laura, Centro, Santo André, SP valor de R$ 28.000,00 no Lugar Certo  8

Casa Comercial
R. Laura, Centro, Santo André, SP

Excelente prédio comercial localizada no bairro Centro de Santo André próximo de hospitais, padarias, pizzarias, farmácias, escolas e muito mais. Imóvel possuindo uma área de terreno de 284m² com as dimensões de 10,05 x 29 x 27,8 x 10, com 832,42 m² de área construída, sendo distribuído em: Térreo 210 m², Primeiro Pavimento 199.71 m², Segundo Pavimento 190.71 m²,Terceiro Pavimento 192 m², Casa de Máquina 40m² , 16 salas prontas já com ar condicionado e lavatório, 12 banheiros, elevador, estacionamento para ate 10 veiculos e monitoramento 24 horas por sistema de alarme. Não perca essa oportunidade, agende a sua visita!!! ¿É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante¿ Paulo Coelho.<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. General Glicério, Centro, Santo André, SP valor de R$ 23.000,00 no Lugar Certo  20

Casa Comercial
R. General Glicério, Centro, Santo André, SP

Prédio Comercial, com 2 pavimentos, 20 salas amplas e modernas, 2 recepçãoes, 1 copa, 5 WC, ar condicionado, elevador para deficientes físicos, 4 vagas no recúo e estacionamento.Localização privilegiada no Centro de Santo André, próximo ao Shopping Plaza, estação Celso Daniel, lojas Casas Bahia, Lojão do Brás, Armarinhos Fernandes e muito mais. Ligue e agende a sua visita . ¿Pequenas oportunidades podem ser o início de grandes empreendimentos¿ Demóstenes <br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulhere...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. Almirante Tamandaré, Centro, Santo André, SP valor de R$ 20.000,00 no Lugar Certo  25

Casa Comercial
R. Almirante Tamandaré, Centro, Santo André, SP

Excelente predio comercial ideal para escolas, clinicas de estética, laboratórios, escritórios, consultórios, mini mercados e muito mais. Imóvel localizado em um ponto estratégico do bairro Centro de Santo André com fácil acesso a Av. Pereira Barreto, São Bernardo do Campo e próximo a Av. Ramiro Colleoni. Predio possuindo 300m² de terreno com as dimensões aproximadas de 12 x 25, 706m² de área construída, composto por um salão no piso térreo com 200m² e aproximadamente 4,5m de pé direito, 2 banheiros, sendo 1 PNE, pontos de gás e uma área descoberta nos fundos de 20m², 1º andar composto por 7 salas, sendo 2 delas bem amplas, 7 banheiros divididos entre as salas e pontos de entrada para ar condicionado, último pavimento com churrasqueira, subsolo com 10 vagas demarcadas e 1 banheiro e tendo 2 vagas descobertas no recuo frontal. Oportunidade única, agende sua visita!!! ¿Poucos aceitam o fardo da própria vitória; a maioria desiste dos sonhos quando eles se tornam possíveis¿ Paulo Coelho.<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, ve...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em Av. Portugal, Centro, Santo André, SP valor de R$ 21.000,00 no Lugar Certo  26

Casa Comercial
Av. Portugal, Centro, Santo André, SP

Predio comercial para locação, perfeito para bancos, antigo Itaú Personalité, localização em zona nobre em santo andré, agende sua visita! ¿É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante¿ Paulo Coelho.<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulheres e, no caso, aproximadamente 1.735 homens entre os índices populacionais. Os dados fazem parte do Anuário de 2015, da Prefeitura de Santo André, com base em informações coletadas no ano de 2014. Ainda sobre o perfil populaci...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. General Glicério, Centro, Santo André, SP valor de R$ 16.500,00 no Lugar Certo  30

Casa Comercial
R. General Glicério, Centro, Santo André, SP

Excelente prédio comercial, localizado no Centro, com 9 salas, todas possuindo ar-condicionado, com no total 675m², 6 vagas de garagem. Oportunidade unica, venha agendar sua visita!!!! "Um homem sensato criará para sua vida mais oportunidades do que a vida lhe proporcionará". - Francis Bacon<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulheres e, no caso, aproximadamente 1.735 homens entre os índices populacionais. Os dados fazem parte do Anuário de 2015, da Prefeitura de Santo André, com base em informações...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em Pça. do Carmo, Centro, Santo André, SP valor de R$ 17.000,00 no Lugar Certo

Casa Comercial
Pça. do Carmo, Centro, Santo André, SP

Excelente Prédio Comercial Centro/SA - 04 andares contendo 12 salas amplas, 02 cozinhas, 08 wcs, portaria com 01 wc, elevador que serve todos os andares, com aproximadamente 679m² de área construída, elétrica toda revisada e em ótimo funcionamento. Ótimo imóvel para Call Center, Escola de cursos profissionalizantes, escola de idiomas, localização privilegiada. Agende sua visita!!!!!<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulheres e, no caso, aproximadamente 1.735 homens entre os índices populacionais. Os ...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. Coronel Alfredo Fláquer, Centro, Santo André, SP valor de R$ 13.000,00 no Lugar Certo

Casa Comercial
R. Coronel Alfredo Fláquer, Centro, Santo André, SP

SALÃO COMERCIAL GRANDE EMOTIMA LOCALIZAÇÃO. AGENDE SUA VISITA<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulheres e, no caso, aproximadamente 1.735 homens entre os índices populacionais. Os dados fazem parte do Anuário de 2015, da Prefeitura de Santo André, com base em informações coletadas no ano de 2014. Ainda sobre o perfil populacional abordado no estudo municipal, em relação à escolaridade, a maior parte dos habitantes do Centro tem ensino superior completo, o que representa cerca de 1.530 pessoas. &...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros