163 Apartamentos e Casas para alugar em Santo André - SP

Refinar busca
163 Resultados encontrados
Rede Dreamcasa
Casa, 2 Quartos para alugar em 0, Vila Humaitá, Santo André, SP valor de R$ 1.200,00 no Lugar Certo  16

Rede Dreamcasa
Ponto Comercial para alugar em 0, Parque das Nações, Santo André, SP valor de R$ 1.300,00 no Lugar Certo  5

Rede Dreamcasa
Ponto Comercial para alugar em 0, Condomínio Maracanã, Santo André, SP valor de R$ 1.250,00 no Lugar Certo  4


Rede Dreamcasa
Apartamento, 1 Quarto para alugar em Rua Vinte e Quatro de Fevereiro, Casa Branca, Santo André, SP valor de R$ 2.500,00 no Lugar Certo  15

Rede Dreamcasa
Casa, 1 Quarto para alugar em 0, Parque Oratório, Santo André, SP valor de R$ 600,00 no Lugar Certo  7

Rede Dreamcasa
Casa, 2 Quartos para alugar em 0, Campestre, Santo André, SP valor de R$ 2.150,00 no Lugar Certo  17

Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Loja para alugar em R. Ester, Villa Alpina, Santo André, SP valor de R$ 6.900,00 no Lugar Certo  11

Loja
R. Ester, Villa Alpina, Santo André, SP

OTIMO SALÃO COM 505 M² AREA CONSTRUIDA, TERRENO COM 275 M², 3 PAVIMENTOS, SUBSOLO COM 8 VAGAS DE GARAGEM, 1º PAVIMENTO COM VÁRIAS SALAS, 2º PAVIMENTO COM 3 SALAS GRANDES, 6 WCS, NOS FUNDOS UM SALÃO COM PÉ DIREITO DE 4 METROS. BOM PARA INVESTIDOR. VALE A PENA VISITAR!!!!<br><br>Origem e resgate histórico Bairro surgiu no caminho para São Paulo e passou pelo primeiro loteamento já na década de 20, em 1923. No caso, nessa época Santo André ainda fazia parte do município de São Bernardo, já que a emancipação sucedeu no final dos anos 30. Como surgiu o nome? A denominação com uso do termo "vila" tem inspiração em localidades como os bairros paulistanos Vila Mariana e Vila Madalena, por exemplo. Com o passar do tempo, a denominação foi empregada em bairros populares, bem como, vilas de operários. Essas informações são apontadas a tese de Iberê Luiz Di Tizio, intitulada: "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (Universidade de São Paulo), no ano de 2009. Primeiros moradores e habitação Os primeiros moradores a chegarem ao bairro tinham o objetivo de buscar oportunidade de trabalho nas empresas da região. Vieram populações do ABC, do Estado e de outras partes do Brasil. Loteamentos no bairro José Gonzaga Franco Filho foi o primeiro loteador da localidade, ainda nos anos 20. Décadas mais tarde, nos anos 40 e 50, foram construídos conjuntos habitacionais IAPI (Instituto de Aposentadorias e Pensões dos Industriários). Essas habitações foram vendidas a operários que chegaram ao bairro em busca de trabalho na área industrial. Dados atuais A população da Vila Alpina é estimada em mais de 1.663 habitantes, conforme informações do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em dados do ano de 2014. O levantamento apurou informações socioeconômicas e populacionais sobre os bairros da cidade. E, com base nos dados obtidos no anuário municipal, observamos que a população se divide dessa forma: " 884 pessoas (corresponde à população feminina); " 779 pessoas (corresponde à população masculina); As três faixas etárias com maior índice populacional, conforme os dados colhidos pelo anuário são as seguintes: " 347 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " 256 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " 255 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); " 246 habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); Em todo caso, as demais faixas etárias observadas: " 237 habitantes (grupo de pessoas entre 50 a 59 anos); " 90 habitantes (grupo de pessoas entre 15 a 19 anos); " 82 habitantes (grupo de pessoas entre 10 a 14 anos); " 75 habitantes (grupo de pessoas entre 0 a 04 anos); " 74 habitantes (grupo de pesso...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa, 2 Quartos para alugar em R. Santos, Vila Camilópolis, Santo André, SP valor de R$ 1.200,00 no Lugar Certo  21

Casa, 2 Quartos
R. Santos, Vila Camilópolis, Santo André, SP

Ótimo Sobrado Comercial fundos Vila Camilópolis/SA - 02 dormitórios, sala, cozinha, wc social, área de serviço. Possui 03 imóveis no mesmo terrreno, porém o Sobrado é individual....<br><br>Origem e resgate histórico As primeiras ruas da então Vila Camilópolis surgiram nos anos 20, em 1925. O proprietário das terras era Camilo Pedutti, também loteador da Vila Metalúrgica. Ambas as localidades eram conhecidas por Vila Splendor. Como surgiu o nome? A denominação toponímica é uma auto-homenagem de Camilo. Como resultado disso, houve a junção de Camilo + polis (sufixo que em grego implica em "cidade do Camilo"). As informações são citadas por Iberê Luiz Di Tizio, em sua tese: "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Primeiros moradores e habitação A população responsável pelo povoamento do bairro Vila Camilópolis é composta por população proveniente de várias partes da região do ABC, assim como do Estado de São Paulo e do Brasil, objetivada a construir uma vida na localidade. Dados atuais A Vila Camilópolis conta com cerca de 17.505 habitantes, segundo dados colhidos pelo do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações do ano de 2014. O levantamento realizado pela prefeitura apurou resultados socioeconômicos e populacionais sobre os bairros da cidade, num material extenso com informações diversas sobre as localidades. Do índice populacional (17.505 habitantes), observe as informações: " Cerca de 9.242 habitantes se referem à população feminina na localidade; " Cerca de 8.263 habitantes correspondem à população masculina na localidade; Além disso, a Vila Camilópolis conta com cerca de 5.740 domicílios particulares permanentes ocupados, como cita o documento elaborado pela Prefeitura Municipal de Santo André. Quanto às informações socioeconômicas colhidas no documento, a renda mensal média familiar (per capita) é de R$ 1.393,92. Lembrando que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa (com ou sem renda). O anuário elaborado pela Prefeitura de Santo André ainda aponta as faixas etárias com os maiores índices populacionais observados, conforme os dados colhidos: " Cerca de 2.973 habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); " Cerca de 2.790 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " Cerca de 2.773 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " Cerca de 2.586 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); As demais faixas etárias observadas: " Cerca de 2.335 habitantes (grupo de pessoas entre 50 a 59 anos); " Cerca de 1.159 habitantes (grupo de pesso...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa Comercial para alugar em R. General Glicério, Centro, Santo André, SP valor de R$ 23.000,00 no Lugar Certo  20

Casa Comercial
R. General Glicério, Centro, Santo André, SP

Prédio Comercial, com 2 pavimentos, 20 salas amplas e modernas, 2 recepçãoes, 1 copa, 5 WC, ar condicionado, elevador para deficientes físicos, 4 vagas no recúo e estacionamento.Localização privilegiada no Centro de Santo André, próximo ao Shopping Plaza, estação Celso Daniel, lojas Casas Bahia, Lojão do Brás, Armarinhos Fernandes e muito mais. Ligue e agende a sua visita . ¿Pequenas oportunidades podem ser o início de grandes empreendimentos¿ Demóstenes <br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulhere...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Sala para alugar em R. Catequese, Vila Guiomar, Santo André, SP valor de R$ 850,00 no Lugar Certo  4

Sala
R. Catequese, Vila Guiomar, Santo André, SP

Sala comercial em excelente localização. Possuí 37m², wc social interno, 1 vaga de garagem. Agende a sua visita.<br><br>Origem e resgate histórico A Vila Guiomar nasceu no ano de 1930, um pouco antes da emancipação de Santo André em relação a São Bernardo, que sucedeu em 1938. As terras foram loteadas ainda na década de 20, sob responsabilidade de José Pires Castanho. Os lotes foram comercializados cerca de cinco anos depois e foram vendidos mais de 210 unidades, como menciona Ademir Medici, em sua obra intitulada: "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". Como surgiu o nome A denominação toponímica tem a ver com a homenagem a Guiomar, filha de Gottileb Ellert, o então proprietário das terras que deram origem ao bairro. As informações são citadas por Iberê Luiz Di Tizio, em sua tese: "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Primeiros moradores e habitação Os primeiros habitantes do bairro Vila Guiomar, de fato, eram compostos por operários das empresas da região do ABC, além populações originárias Estado de São Paulo e do Brasil. Dados atuais O bairro Vila Guiomar possui cerca de 6.702 habitantes, segundo dados do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações do ano de 2014. O levantamento apurou resultados socioeconômicos e populacionais sobre os bairros da cidade em um levantamento extenso. O bairro ainda possui aproximadamente 2.463 domicílios particulares permanentes ocupados, conforme informações disponibilizadas no anuário municipal. Quanto às informações socioeconômicas, a renda mensal média familiar (per capita) registrada no documento é de R$ 3.464,06. Trata-se de um índice alto entre as localidades da cidade. Lembrando ainda que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa, incluindo também quem reside na casa, mas não conta com renda mensal. O anuário ainda aponta as faixas etárias e respectivos índices populacionais observados, conforme os dados colhidos pelo anuário municipal: " Cerca de 1.397 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " Cerca de1.033 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " Cerca de 1.027 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); As demais faixas etárias observadas pelo anuário de Santo André são as seguintes: " Cerca de 989 habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); " Cerca de 955 habitantes (grupo de pessoas entre 50 a 59 anos); " Cerca de 364 habitantes (grupo de pessoas entre 15 a 19 anos); " Cerca de 333 habitantes (grupo de pessoas entre 10 a 14 anos); " ...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Apartamento, 2 Quartos para alugar em R. Tutóia, Jardim Santo Antônio, Santo André, SP valor de R$ 1.450,00 no Lugar Certo  25

Apartamento, 2 Quartos
R. Tutóia, Jardim Santo Antônio, Santo André, SP

Apto, 2 dormitórios 1 suíte, possui lazer no condomínio como salão de festas salão de jogos e etc. Ótima localização, ao lado da rua alemanha e da av pinhal, possui comercios de varejo e bancos próximos. agende sua visita! ¿É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante¿ Paulo Coelho. "História do Bairro O loteamento que deu origem ao bairro Vila Camilópolis foi realizado por Camilo Pedutti, o qual outorgou o nome em auto-homenagem combinado com o sufixo de origem grega "polis", com significado de "cidade do Camilo". A abertura das primeiras ruas ocorreu em 1925; neste primeiro momento, o loteamento recebeu o nome de Vila Splendor, sendo pouco depois alterado para Vila Camilópolis, já que em Parcelamentos em Santo André de 1930 já está anotado este segundo topônimo. No projeto, o loteador cuidou de reservar grandes áreas para a instalação de indústrias na região."<br><br>Origem e resgate histórico O bairro tem suas origens no final dos anos 30, na época da emancipação da cidade de Santo André, em relação ao município de São Bernardo, no ano de 1938. Nesse período, o então bairro era conhecido como Arraial Santo Antônio. As informações observadas constam na tese de Iberê Luiz Di Tizio, intitulada "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, no ano de 2009. Como surgiu o nome? Não constam, de fato, dados exatos sobre a origem do nome, porém a adoção de "Jardim" pode atender às demandas mercadológicas habituais, assim como ocorre em relação a outros bairros da cidade e do Brasil que possuem também essa denominação, no caso, "Jardim". Primeiros moradores e habitação Os primeiros moradores do bairro atualmente conhecido como Jardim Santo Antônio eram migrantes de cidades além do ABC, bem como de município do Estado de São Paulo, além de outras localidades pelo Brasil afora, de forma geral. Loteamentos no bairro As ocupações em massa no território ocorreram entre o final dos anos 30 até os anos 50, década onde o loteamento sucedeu de forma mais intensa. Na ocasião, os primeiros habitantes do bairro pagavam aluguel e, dessa forma, também buscavam por terras com preços acessíveis para aquisição. Dados atuais A população do Jardim Santo Antônio é estimada em mais de 9.453 habitantes, conforme informações do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em dados do ano de 2014. O levantamento apurou informações socioeconômicas e populacionais sobre os bairros da cidade. E, com base nos dados obtidos do anuário municipal, a população do Jardim Santo Antônio se divide dessa forma: " 5.037 pessoas (corresponde à população feminina); " 4.416 pessoas (corresponde à população masculina); As três faixas etárias com maior índice populacional, conforme os dado...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Apartamento, 1 Quarto para alugar em R. Bárbara Heliodora, Jardim Utinga, Santo André, SP valor de R$ 850,00 no Lugar Certo  4

Apartamento, 1 Quarto
R. Bárbara Heliodora, Jardim Utinga, Santo André, SP

APTO - JARDIM UTINGA - 01 DORM C/ SACADA, SALA, COZINHA, WC E ÁREA DE SERVIÇO.<br><br>Origem e resgate histórico O bairro Jardim Utinga tem suas origens por volta dos anos 30, sendo relacionado ao Parque das Nações, no loteamento daquela época. As informações constam na obra de Iberê Luiz Di Tizio, autor da tese "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", conteúdo apresentado à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), no ano de 2009. O Jardim Utinga está distante cerca de 4 km da região central de Santo André. Para se ter uma ideia, o trajeto por carro leva em torno de 13 a 15 minutos, aproximadamente. Como surgiu o nome? É provável que o uso "Utinga" tenha se originado pelo fato da proximidade da localidade com o córrego de mesmo nome, entre Santo André e a cidade de São Caetano. De todo modo, é importante ressaltar que a denominação "Utinga"é ainda observada em um dos bairros direcionados à população com poder aquisitivo e funcionários de alto escalão das fábricas na região. Porém essa localidade seria incorporada, a partir dos anos 90, ao território hoje conhecido como o bairro Campestre. Primeiros moradores e habitação A partir dos anos 30, os primeiros loteamentos trouxeram populações interessadas em trabalhar nas fábricas ao redor da cidade e região. Havia moradores de todas as partes, desde o ABC, de cidades paulistas e de todo o território nacional. Dados atuais O Jardim Utinga tem cerca de 5.629 habitantes e, desse total, 2.972 pessoas correspondem à população feminina, bem como, 2.657 habitantes representam a população masculina. Os dados fazem parte do Anuário de 2015 da Prefeitura de Santo André, com informações colhidas em 2014. O levantamento traz dados demográficos e socioeconômicos dos bairros da cidade. Além disso, o censo municipal aponta as faixas etárias mais predominantes no Jardim Utinga. As três primeiras posições observadas são as seguintes: " Entre 20 a 29 anos = 957 habitantes; " Com mais de 60 anos = 897 habitantes; " Entre 30 a 39 anos = 892 habitantes; É interessante observar que ao contrário do contexto em outros bairros da cidade, a população considerada mais ativa economicamente, entre 20 a 39 anos, está em equilíbrio quanto aos índices populacionais relativos ao grupo de pessoas com mais de 60 anos. Os demais indicativos são os seguintes, em ordem decrescente: " Entre 40 a 49 anos = 831 habitantes; " Entre 50 a 59 anos = 751 habitantes; " Entre 15 a 19 anos = 372 habitantes; " Entre 10 a 14 anos = 360 habitantes; " Entre 05 a 09 anos = 294 habitantes; " Entre 0 a 04 anos = 274 habitantes; E quanto a esses índices, vale pontuar a diferença significativa no índice populacional entre o público mais maduro e o mais jovem, como crianças e adolescentes. Lem...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Sala para alugar em R. Giovanni Battista Pirelli, Vila Homero Thon, Santo André, SP valor de R$ 1.000,00 no Lugar Certo  10

Sala
R. Giovanni Battista Pirelli, Vila Homero Thon, Santo André, SP

Excelente sala comercial localizada na Vila Homero Thon em um ponto estratégico próximo ao shopping Atrium e hóteis, sala possuindo 33,74m² de área util, aproximadamente 2,8m de pé direito, contendo 2 ar-condicionados, 1 vaga de garagem e 1 banheiro. Não perca tempo, agende sua visita!!! "Tente não ser um homem de sucesso, e sim um homem de valores" Albert Einstein<br><br>Origem e resgate histórico O bairro é um dos mais antigos de Santo André. No passado, a vila era chamada de Morro Vermelho e pertencia ao belga Homero Thon, que chegou ao Brasil ainda bebê, juntamente com os pais, Lucien Antoine Thon e Emma Erman Thon, no século 19. A então chácara comprada por Thon, que deu origem ao bairro, fornecia produtos agrícolas para São Paulo e Santos. As informações são citadas por Iberê Luiz Di Tizio, em sua tese: "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Como surgiu o nome? A escolha da denominação sucedeu por meio de um tipo de plebiscito. Os moradores do bairro desejaram homenagear Homero Thon. Primeiros moradores e habitação A população do bairro recebeu imigrantes alemães, porém também foi composta por grupos provenientes de várias partes da região do ABC, assim como do Estado de São Paulo e do Brasil, objetivados a construírem uma vida na localidade. Loteamentos no bairro Em 1925, a Vila Homero Thon passou pelos primeiros loteamentos. As primeiras habitações eram formadas por sítios e chácaras, porém como menciona Di Tizio, com o passar do tempo, as propriedades adquiriram características residenciais. Dados atuais O bairro Vila Homero Thon possui cerca de 5.440 habitantes, segundo dados do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações do ano de 2014. O levantamento apurou resultados socioeconômicos e populacionais sobre os bairros da cidade em um levantamento extenso. Do índice populacional registrado no anuário, a localidade conta com aproximadamente 2.842 habitantes (correspondentes ao público feminino) e cerca de 2.598 habitantes (correspondentes ao público masculino). O bairro ainda possui aproximadamente 1.899 domicílios particulares permanentes ocupados, conforme informações disponibilizadas no anuário municipal. Quanto às informações socioeconômicas, a renda mensal média familiar (per capita) registrada no documento é de R$ 1.600,12. Lembrando ainda que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família. O anuário ainda aponta as faixas etárias com maior índice populacional: " Cerca de 954habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); " Cerca de 880 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " Cerca de 847 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); Observe ainda as demais ...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Casa, 2 Quartos para alugar em R. Guilherme Marconi, Vila Assunção, Santo André, SP valor de R$ 3.000,00 no Lugar Certo  4

Casa, 2 Quartos
R. Guilherme Marconi, Vila Assunção, Santo André, SP

Bom sobrado com 2 dormitorios, cozinha com armarios e 1 cozinha<br><br>Origem e resgate histórico Após os primeiros loteamentos da Vila Alzira ainda no século 20, seria a vez da Vila Assunção iniciar sua história, em 1925. A área que compreende o bairro pertencia à localidade Vila Ipiranguinha, segundo a tese de Iberê Luiz Di Tizio: Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros, apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Como surgiu o nome? É provável que a denominação toponímica tenha ligação com nomes de familiares de proprietários e/ou loteadores da localidade. Primeiros moradores e habitação Vale pontuar que os primeiros moradores da Vila Assunção, de fato, vieram de localidades de toda a região do ABC, assim como do Estado de São Paulo e demais cidades brasileiras. Porém a população que contribuiu para o povoamento do bairro ainda era composta por trabalhadores da fábrica Ipiranguinha, muitos dos quais imigrantes italianos. Por influência dessa comunidade italiana, a Vila Assunção ganhou eventos populares como a dos Napolitanos e do Divino. Dados atuais O bairro conta com cerca de 14.836 habitantes, segundo dados colhidos pelo do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações do ano de 2014. O levantamento realizado pela prefeitura apurou resultados socioeconômicos e populacionais sobre os bairros da cidade, num material extenso com informações diversas sobre as localidades. Do índice populacional (14.836 habitantes): " 7.942 habitantes se referem à população feminina; " 6.894 habitantes correspondem à população masculina; " Além disso, a Vila Assunção conta com 5.476 domicílios particulares permanentes ocupados, como cita o documento; Quanto às informações socioeconômicas, a renda mensal média familiar (per capita) é de R$ 3.778,56, uma das mais altas entre os bairros da cidade. Lembrando que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa. O anuário elaborado pela Prefeitura de Santo André ainda aponta as faixas etárias com os maiores índices populacionais observados, conforme os dados colhidos pelo anuário municipal: " Cerca de 2.943 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " Cerca de 2.309 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " Cerca de 2.321 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); " Cerca de 2.138 habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); As demais faixas etárias observadas: " Cerca de 1.980 habitantes (grupo de pessoas entre 50 a 59 anos); " Cerca de 894 habitantes (grupo de pessoas entre 15 a 19 anos); " Cerca de 775 habitantes (grupo de pessoas entre 0 a 04 anos); " Cerca ...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Loja para alugar em R. Jundiaí, Santa Teresinha, Santo André, SP valor de R$ 880,00 no Lugar Certo  4

Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Apartamento, 2 Quartos para alugar em R. Espanha, Parque das Nações, Santo André, SP valor de R$ 1.000,00 no Lugar Certo  12

Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Loja para alugar em Al. Vieira de Carvalho, Santa Teresinha, Santo André, SP valor de R$ 33.000,00 no Lugar Certo  18

Loja
Al. Vieira de Carvalho, Santa Teresinha, Santo André, SP

Excelente Salão Comercial Santa Terezinha/SA - com aproximadamente 1.200m² de área construída, piso térreo com 600m² de área livre e wc, piso superior com aproximadamente 477m² de área livre, 02 wcs e copa, pé direito de 2,82mts, possui sistema de segurança, sistema de ar condicionado. Agende sua visita!!!!<br><br>Origem e resgate histórico A história do bairro teve início por volta de 1927. E nessa época, o território que hoje compreende a localidade se chamava Torrinha. A origem do bairro Santa Terezinha está bem ligada à instalação do matadouro da família Martinelli e da empresa Rhodia, em 1919, do setor químico. Esses dois fatores foram determinantes para os primeiros loteamentos. Com menos de uma década de existência, o bairro já contava com energia elétrica e também recebeu a primeira agência dos Correios, em 1940. As informações constam na tese de Iberê Luiz Di Tizio: Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros, apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Como surgiu o nome? A denominação toponímica foi inspirada na construção da Igreja de Santa Terezinha, um dos grandes marcos do então bairro. Inclusive, a igreja contava com missas em húngaro atendendo a imigrantes da Hungria instalados na região. Primeiros moradores e habitação Os primeiros moradores faziam parte da comunidade eslava, húngara e italiana, mas também havia população proveniente de várias partes da região do ABC, assim como do Estado de São Paulo e do Brasil. Havia ainda migrantes de Socorro, no interior de São Paulo. Porém é importante ressaltar que boa parte da população foi atraída ao local em virtude da presença da Rhodia, como uma oportunidade de renda e emprego. Loteamentos no bairro Os loteamentos iniciais foram estabelecidos pela Sociedade Territorial Estação de São Bernardo. Os primeiros anúncios de vendas de terras traziam condições de pagamento à vista ou em parcelas a serem pagas em até quatro anos, com "prestações mínimas", conforme consta na obra de Di Tizio. O anúncio ainda enfatizava a "valorização das terras". Dados atuais O bairro Santa Terezinha conta com 6.263 habitantes, segundo dados do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações do ano de 2014. O levantamento apurou resultados socioeconômicas e populacionais sobre os bairros da cidade. Quanto às informações socioeconômicas, a renda mensal média familiar (per capita) é de R$ 1.639,10. Lembrando que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa. O anuário ainda aponta as cinco faixas etárias com os maiores índices populacionais observados, conforme os dados colhidos pelo anuário municipal: " Cerca de 1.087 habitante...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Sala para alugar em R. Santo André, Centro, Santo André, SP valor de R$ 850,00 no Lugar Certo  16

Sala
R. Santo André, Centro, Santo André, SP

SALA COMERCIAL COM PAREDE REVESTIDA CONTRA RADIAÇÃO E BEM ILUMINADA, COM 1 WC COM SISTEMA DE VENTILAÇÃO, SISTEMA DE SEGURANÇA COM CAMERA INFRA VERMELHO, INTERFONE E MONITOR INTERNO. OTIMA LOCALIZAÇÃO!<br><br>Origem e resgate histórico Como na história e origem de muitas cidades, o povoamento pode surgir por meio de vários fatores: ao redor de uma fábrica, fazenda, praça ou de uma estação de trem, como ocorreu, justamente, no Centro de Santo André. Os aspectos históricos da região estão intimamente ligados às primeiras habitações que surgiram nos arredores da estação ferroviária da São Paulo Railway, no caso, a estação de São Bernardo. Esses acontecimentos sucederam de 1867 ao final do século 19. Nesse período, a região central de Santo André ganhava forma e, depois, se tornou um distrito importante da então cidade de São Bernardo. Como surgiu o nome? A partir da primeira década do século 20, a área que hoje compreende o Centro receberia o nome de Distrito de Santo André, integrante do município de São Bernardo. Com a emancipação da cidade, no final dos anos 30, essa região se tornou o Centro do município recém-criado e uma das localidades mais importantes e geradoras de renda e emprego da região. Dessa forma, surgiu a denominação atual. Primeiros moradores e habitação Por volta do final do século 19, as primeiras áreas ao redor da estação ferroviária de São Bernardo começaram a ser povoadas. O Centro, o então bairro da estação, era um caminho de fácil acesso a pontos importantes para a mobilidade na época, como a estrada do Oratório e o Caminho do Pilar, segundo Ademir Medici, autor da obra "Migração, Urbanismo e Cidadania: a história de Santo André contada por seus personagens". As primeiras ruas do bairro, que nasceu às margens da ferrovia, dividiam espaço entre casas e pequenas instalações fabris, especialmente, a partir de 1912. Loteamentos no bairro No século 20, o território que hoje abriga o Centro ganharia o loteamento da Vila Flaquer, o que favoreceu o povoamento local e, consequentemente, a expansão do bairro. Dessa forma, em 1912, verificou-se o surgimento do primeiro conglomerado habitacional operário da região, o que atraiu populações interessadas em se estabelecer naquelas terras. Ainda hoje o Centro da cidade é um espaço dinâmico, repleto de comércio popular diverso, com presença de grandes redes do varejo, mas também abriga imóveis residenciais. Dados atuais Com renda média familiar per capita em torno de R$ 4.017,33, entre as mais altas da cidade, o Centro tem população estimada em 3.788. Desses índices, o bairro conta com cerca de 2.053 mulheres e, no caso, aproximadamente 1.735 homens entre os índices populacionais. Os dados fazem parte do Anuário de 2015, da Prefeitura de Santo André, com base em informações coletadas no ano de 2014. Ainda sobre o perfil populacional abordado no estudo municipal, ...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Apartamento, 2 Quartos para alugar em R. Araguaia, Vila Curuçá, Santo André, SP valor de R$ 1.500,00 no Lugar Certo  22

Apartamento, 2 Quartos
R. Araguaia, Vila Curuçá, Santo André, SP

APTO NA VILA CURUÇA EM OTIMO ESTADO C/ 2 DORMS, SUITE, SALA, COZINHA, 1 VAGA. LAZER COMPLETO NO CONDOMINIO. PROPRIETARIO ACEITA PROPOSTA ! OTIMA OPORTUNIDADE<br><br>Origem e resgate histórico O território que hoje compreende o bairro Vila Curuçá integrava as terras do então Sítio Jaçatuba, pertencente a João José Barbosa Ortiz. No ano de 1915, Erasmo Assumpção, então loteador do bairro, comprou, em 1915, as terras que atualmente integram a Vila Curuçá. Assumpção era industrial e banqueiro, inclusive, um dos proprietários do Banco Comercial de São Paulo, no ano de 1912. Erasmo ainda adquiriu outras terras em Santo André. As informações constam na tese de Iberê Luiz Di Tizio: "Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros", apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP (Universidade de São Paulo), em 2009. Como surgiu o nome? Curuçá era o nome do cavalo de grande estima para Erasmo Assumpção. Dessa forma, justifica-se a denominação. Primeiros moradores e habitação Vale pontuar que os primeiros moradores da Vila Curuçá, de fato, vieram de regiões de toda a região do ABC, assim como do Estado de São Paulo e demais cidades brasileiras. Os primeiros loteamentos surgiram em 1928. Dados atuais O bairro Vila Curuçá conta com cerca de 11.557 habitantes, segundo dados colhidos pelo do anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em informações do ano de 2014. O levantamento realizado pela prefeitura apurou resultados socioeconômicos e populacionais sobre os bairros da cidade, num material extenso com informações diversas sobre as localidades. Do índice populacional (11.557 habitantes): " 6.030 habitantes se referem à população feminina; " 5.527 habitantes correspondem à população masculina; " Além disso, a Vila Curuçá conta com 3.894 domicílios particulares permanentes ocupados, como cita o documento; Quanto às informações socioeconômicas, a renda mensal média familiar (per capita) é de R$ 1.641,67. Lembrando que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa. O anuário elaborado pela Prefeitura de Santo André ainda aponta as faixas etárias predominantes observadas, conforme os dados colhidos pelo anuário municipal: " Cerca de 1.992 habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); " Cerca de 1.752 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " Cerca de 1.736 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); " Cerca de 1.734 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); " Cerca de 1.484 habitantes (grupo de pessoas entre 50 a 59 anos); Observe ainda as demais faixas etárias apuradas: " Cerca de 801 habitantes (grupo de pessoas entre 15 a 19 anos); " Cerca de 761 habitantes (grupo ...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros


Colonia Consultoria de Imóveis Ltda
Sala para alugar em R. Japão, Parque das Nações, Santo André, SP valor de R$ 550,00 no Lugar Certo  8

Sala
R. Japão, Parque das Nações, Santo André, SP

Sala Comercial Parque das Nações/SA - com aproximadamente 13m², ótima localização.<br><br>Origem e resgate histórico A localidade que hoje compreende o Parque das Nações integrava a fazenda do Oratório. As informações são citadas na tese de Iberê Luiz Di Tizio (Santo André causa toponímica na denominação de seus bairros). A tese foi apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (Universidade de São Paulo), no ano de 2009. Como surgiu o nome? É provável que seja justificada essa denominação toponímica ao fato de Santo André ser um município com diversidade cultural. Contudo, é também importante ressaltar que o nome se deve à presença de habitantes europeus por essas terras. Primeiros moradores e habitação Os primeiros habitantes, de fato, eram imigrantes europeus, mas o bairro também atraiu populações de várias partes do Estado de São Paulo e também do Brasil. Loteamentos no bairro Os primeiros loteamentos surgiram por volta dos anos 20, em 1925. As primeiras residências também pertenciam a populações da região de Santos, que buscavam se estabelecer na cidade, por conta do clima tido como ameno. Dados atuais Com mais de 15.218 habitantes, um dos maiores índices populacionais da cidade, o Parque das Nações conta com 8.109 habitantes (mulheres) e 7.109 (homens). Os dados integram o anuário de 2015, realizado pela Prefeitura de Santo André, com base em dados do ano de 2014. O levantamento apurou informações socioeconômicas e populacionais sobre os bairros da cidade. Quanto às informações socioeconômicas, a renda mensal média familiar (per capita) é de R$ 1.708,61. Lembrando que o valor é obtido por meio da quantidade do rendimento individual de cada membro da família e, dessa forma, o resultado é dividido pela quantidade de todos os moradores da casa. Para isso, é preciso incluir todos os moradores do imóvel que sejam economicamente ativos ou não. Lembrando que as informações socioeconômicas, demográficas e populacionais foram colhidas no ano de 2014. As três faixas etárias com maior índice populacional, conforme os dados colhidos pelo anuário são as seguintes: " 2.821 habitantes (grupo de pessoas com 60 anos ou mais); " 2.483 habitantes (grupo de pessoas entre 20 a 29 anos); " 2.302 habitantes (grupo de pessoas entre 30 a 39 anos); Em todo caso, as demais faixas etárias observadas: o 2.228 habitantes (grupo de pessoas entre 40 a 49 anos); o 2.131 habitantes (grupo de pessoas entre 50 a 59 anos); o 968 habitantes (grupo de pessoas entre 15 a 19 anos); o 854 habitantes (grupo de pessoas entre 10 a 14 anos); o 719 habitantes (grupo de pessoas entre 05 a 09 anos); o 714 habitantes (grupo de pessoas entre 0 a 04 anos); O levantamento ainda traz informações sobre o nível de escolaridade da população residente no Parque das Nações. Confira abaixo as informações: o Sem instrução ou ensino funda...<br><br> *** Vide referências em www.colonia.com.br/referencias/bairros